DicasELASE

Construir bons hábitos é o segredo para emagrecer com saúde

Segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição (National Health and
Nutrition Examination Survey – NHANES), mais da metade dos norte-americanos
adultos já fizeram algum tipo de dieta para emagrecer. No Brasil, um levantamento
feito pela SEMRush (software de inteligência de marketing e pesquisa competitiva),
divulgado pela Forbes em 2019 mostrou que emagrecer é o desejo da maior parte
dos brasileiros, aparecendo na frente de “viajar” e de “ficar rico”.

Ao mesmo tempo em que mais pessoas desejam emagrecer, o número de obesos
vem crescendo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada oito
adultos no mundo, um é obeso. Até 2025, a OMS estima que haverá mais de dois
bilhões de indivíduos com excesso de peso em todo o planeta. Embora a entidade e
demais órgãos de saúde dos países considerem a obesidade uma doença e um fator
de risco para outras comorbidades – como diabetes, hipertensão e esteatose
hepática –, é preciso ressaltar que estar “fora do peso” nem sempre é sinônimo de
má saúde, do mesmo modo que magreza não significa boa saúde.

Seja por questões estéticas ou de saúde, o emagrecimento deve ser um processo
consciente, resultante da adoção de uma dieta equilibrada e da prática de exercícios
físicos regulares. Somente assim a perda de peso será eficiente. Para construir novos
hábitos, confira estas dicas e comece ainda hoje!

# Não siga dietas da moda
Antigamente, era comum encontrar revistas com capas estampando modelos
magérrimas anunciando uma nova e milagrosa dieta. Hoje, em uma busca rápida no
Instagram, encontramos inúmeras “influenciadoras” dando dicas de como
emagrecer ou ganhar músculos. Muitas delas nem têm formação na área da saúde e
acabam indicando dietas e exercícios que podem causar danos ao organismo.
Além desse perigo, vale lembrar que cada pessoa tem necessidades nutricionais
diferentes e que a dieta que funciona para uma nem sempre terá o mesmo efeito
para outra. Por isso, é importante contar com a ajuda de um médico ou nutricionista
antes de começar uma dieta e manter o acompanhamento durante todo o processo.

# Não fique muito tempo sem comer
Pular refeições é um erro muito comum quando se pretende emagrecer. Mas essa
prática pode causar efeito contrário. Isso porque, ao ser privado de alimentos, o
organismo entende que precisa estocar nutrientes e reduzir a queima calórica,
acumulando, assim, açúcares e gorduras.
Outro problema é comer mais do que o necessário na refeição seguinte, além de
sentir alterações de humor, fraqueza e dor de cabeça.
Faça sempre três refeições completas (café da manhã, almoço e janta) e lanches
leves (uma fruta ou um iogurte natural, por exemplo) entre elas, evitando ficar sem
se alimentar por mais de três horas.

# Faça refeições equilibradas
Reeducação alimentar é a chave de um emagrecimento saudável e duradouro. Ao
combinar corretamente os grupos alimentares, é possível garantir o aporte
nutricional recomendado, sem passar fome nem cometer exageros.
Para adultos sem restrições alimentares, é indicado ter uma porção de carboidrato
(grãos integrais, de preferência), uma porção de proteína (carnes magras assadas ou
cozidas, soja, leite ou derivados, ovo etc.), e uma porção de vegetais frescos.
Quem se alimenta de maneira equilibrada no dia a dia pode se permitir um excesso
esporadicamente, como um doce ou uma pizza, sem peso na consciência.

# Reduza ou evite o consumo de bebidas alcoólicas
O álcool tem sete calorias por grama, isso faz com que as bebidas alcoólicas sejam
altamente calóricas e como não oferecem nenhum nutriente significativo, causam
prejuízo ao processo de emagrecimento e ao organismo de maneira geral.
Sem falar que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode causar dependência e
aumenta o risco de algumas doenças.

# Pratique exercícios físicos regularmente
O emagrecimento acontece somente quando o gasto calórico é maior que a
quantidade de calorias ingeridas, ou seja, é preciso se movimentar para queimar as
calorias que não são utilizadas pelo organismo para as atividades diárias.
A prática de exercícios físicos (150 minutos semanais de atividade física aeróbica
moderada ou 75 minutos semanais de exercícios intensos, segundo a OMS) acelera o
metabolismo, aumentando o gasto calórico e ainda melhora a capacidade
respiratória e a saúde do sistema cardiovascular.

ESPORTES ELASE: ATIVIDADES DISPONÍVEIS PARA QUE VOCÊ CUIDE DO
SEU CORPO E MENTE

Com o intuito de promover saúde e sociabilidade, a ELASE oferece diversas
atividades físicas e esportivas para pessoas de todas as idades. Durante a vigência do
Decreto Municipal nº 21691/2020, o Clube está operando com algumas restrições,
seguindo os protocolos de segurança e higiene determinados pelos órgãos de saúde.Para reservas de quadras e da academia ou outras informações, procure a secretaria.