DicasELASE

Vitamina D: Saiba como obter esse nutriente tão importante para a saúde

Aprendemos que a vitamina D é um nutriente fundamental para ter ossos fortes, mas o que nem todos sabem é que ela age no metabolismo de diversas maneiras, sendo responsável por outros processos químicos e biológicos que regulam o funcionamento do metabolismo e reduzem o risco de doenças como obesidade e alguns tipos de câncer.

A deficiência de vitamina D pode trazer consequências irreversíveis e, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse é um problema que atinge 13% da população mundial, e que pode ser revertido com o simples hábito de tomar sol, pois, além da ingestão de alimentos que são fontes de vitamina D, ela também é sintetizada pelo organismo a partir da exposição direta aos raios solares.

Metabolizada no intestino, essa vitamina tem como principal função facilitar o transporte e a fixação de cálcio (mineral que forma os ossos), além de agir no metabolismo de outros minerais, como magnésio e fósforo, ação necessária para o funcionamento correto do sistema nervoso e do sistema imunológico, entre outras funções.

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS FONTES DE VITAMINA D

O corpo humano não é capaz de produzir nenhuma vitamina, por isso, elas devem ser adquiridas por meio da alimentação (e, no caso da vitamina D, também pela exposição solar, principal fonte desse nutriente).

Ela pode ser encontrada em óleos de peixes como salmão, atum e sardinha, na gema de ovo, no fígado de gado, no leite e derivados. Em alguns casos, pode ser recomendada a complementação por comprimidos ou gotas, mas ela deve ser tomada somente com recomendação e acompanhamento de médico ou nutricionista, pois o excesso pode causar hipervitaminose D, que pode provocar – entre outros problemas – danos aos rins e ao fígado.

Para sintetizar vitamina D, são recomendados 20 minutos de exposição ao sol, ao menos três vezes por semana, sem protetor solar (desse modo, é indicado que seja no início da manhã ou no fim da tarde). De preferência, deve-se deixar expostos o peito, os braços e as pernas para melhorar a absorção.

SINTOMAS DE FALTA DE VITAMINA D

Os principais sintomas da falta desse nutriente no organismo são:

– Baixa imunidade;
– Cansaço excessivo, sem motivo aparente;
– Dores nos ossos e nas articulações;
– Desânimo e sensação de angústia;
– Dificuldade de cicatrização;
– Perda de cabelo;
– Enfraquecimento das unhas;
– Secura na pele;
– Cãibras e dor muscular.

BENEFÍCIOS DA VITAMINA D

Manter os níveis de vitamina D equilibrados é uma das maneiras de garantir bom funcionamento do corpo humano. Isso se dá porque a vitamina D age regulando os níveis de cálcio e de fósforo, minerais responsáveis pela saúde dos ossos e pela força e a contração muscular, entre eles, o músculo cardíaco.

Dessa maneira, é fundamental para o correto bombeamento do sangue para o corpo e, por consequência, para o funcionamento do sistema cardiovascular, ajudando a prevenir infartos e acidentes vasculares.

Já no sistema imunológico, a vitamina D age juntamente com os linfócitos (células de defesa), atuando na prevenção de infecções e outras doenças, inclusive da diabetes e de doenças autoimunes, como psoríase e doença de Crohn.

Durante a gestação, a vitamina D ajuda a reduzir os riscos de hipertensão arterial e de diabetes gestacional, além de ser essencial para a formação do feto.

Para finalizar, vale ressaltar a importância dessa vitamina na prevenção de alguns tipos de câncer, como o de intestino (colorretal) e o de mama. Isso ocorre porque a vitamina D atua no processo de diferenciação celular, diminuindo as chances de multiplicação de células cancerosas.

Agora que você já sabe da importância da vitamina D, que tal adotar hábitos mais saudáveis, como tomar sol, para melhorar os índices desse nutriente?

Mesmo os associados que não frequentam nenhuma aula na ELASE podem usar nossa infraestrutura para dar uma caminhada ao ar livre e aproveitar todos os benefícios da exposição regular ao sol.

A ELASE está preparada para receber a todos os sócios e dependentes, respeitando os protocolos de higiene e segurança. Em caso de dúvidas, informe-se na secretaria, pelos telefones 48 3234-5233 ou 48 3234-2986.