Dicas

Exercícios para a mente: mantenha o cérebro ativo com atividades simples

método super cérebro elase

Crescemos ouvindo que, para ter saúde e espantar doenças, é preciso exercitar o corpo regularmente. No entanto, muito pouco se fala sobre a importância de praticar exercícios para manter o cérebro ativo e estimular o raciocínio e a memória. Praticar atividades para a mente é fundamental em todas as idades, mas é especialmente recomendado para adultos maduros e idosos. Um dos benefícios cuidar da saúde do cérebro é a redução do risco de desenvolver problemas típicos da terceira idade, como falhas de memória, demência e até doença de Alzheimer.

E quando falamos em exercitar a mente não significa realizar tarefas complicadas, que exigem esforços incomuns. Muitas atividades que realizamos normalmente , como caminhar ao ar livre, ler, jogar cartas e lembrar do passado durante um bate-papo, ajudam a manter a saúde do cérebro.

Em geral, é recomendado que se variem os estímulos – fazendo pequenas alterações na rotina –, que se mantenha o foco no que está fazendo, evitando realizar muitas tarefas ao mesmo tempo, que mantenha interação social e, claro, que tudo isso seja fonte de prazer e de satisfação.

CONHEÇA ALGUMAS MANEIRAS DE EXERCITAR A MENTE E PROTEGER A SAÚDE DO CÉREBRO

Fazer palavras cruzadas

Sabe aquelas revistas de palavras cruzadas que seus pais ou avós adoravam? Elas são ótimas para ativar as conexões neurais e manter o cérebro saudável. Você pode, ainda, se colocar desafios como terminar uma página em determinado tempo.

Aprender um idioma

Aprender uma língua estrangeira colabora com a qualidade do envelhecimento. Segundo um estudo realizado pela Universidade Penn State, dos Estados Unidos, com 40 voluntários da terceira idade, dos quais metade aprendeu chinês e a outra metade não aprendeu nenhuma língua estrangeira. Em apenas seis semanas de aulas de chinês, o cérebro dos voluntário criou modos de transmissão neural mais rápidos e quem aprendeu o novo idioma conseguiu revolver questões mais rapidamente e com maior número de acerto que as pessoas que não fizeram as aulas.

Aprender um instrumento musical

Aprender um instrumento musical estimula diversas áreas do cérebro, melhora a memória e a capacidade de concentração, e ainda melhora a visão, a audição e a coordenação motora.

Utilizar a mão contrária

Realizar atividades cotidianas como escovar os dentes, pentear os cabelos, trocar o mouse do computador de lado e segurar os talheres com a mão trocada (quem é destro deve usar a mão esquerda, quem é canhoto, a direita) parece uma bobagem, mas é um importante exercício para o cérebro, pois é como se ele precisasse se reprogramar.

Fazer contas no papel

Fazer cálculos da maneira antiga, como aprendemos no colégio, estimula o raciocínio e o foco.

Jogar “stop” sozinho

O jogo que faz a alegria de crianças há inúmeras gerações é uma maneira de ativar o cérebro. Você pode criar uma lista de coisas a serem lembradas, como no jogo (cidade, carro, animal, fruta etc.) e então pensar em uma letra para pensar nas palavras.

Uma variação interessante tentar lembrar o máximo de países (ou qualquer outra categoria) que comecem com tal letra e fazer uma lista em um determinado tempo.

Jogar xadrez

O xadrez é um jogo completo para a mente, pois estimula os dois hemisférios do cérebro, a memória, o raciocínio lógico, a criatividade, a noção espacial e ainda há estudos que ligam o xadrez à redução do risco de desenvolver doença de Alzheimer.

Usar a tecnologia

Existem muitos aplicativos desenvolvidos para que você exercite o cérebro. Bons exemplos são: os puzzles Amazing Alex e Flow Free: Bridge; o Glean, uma espécie de labirinto que exige muito raciocínio lógico; o enigmático The Room 2; e o completo Fit Brains Trainer.

ONDE REALIZAR EXERCÍCIOS PARA MENTE EM FLORIANÓPOLIS

Para melhorar a memória, o raciocínio lógico e desenvolver habilidades cognitivas e mentais, conheça o método Super Cérebro, disponível na ELASE. Indicado para pessoas todas as idades, o programa desenvolve competências cognitivas por meio da resolução de operações matemáticas utilizando o Soroban, ábaco japonês. Esses exercícios estimulam o raciocínio lógico, o cálculo mental, a memorização, o foco e a concentração.