Dicas

Como ter uma vida equilibrada e saudável? Confira as dicas ELASE e comece pôr em prática ainda hoje!

Quantas vezes você foi questionado sobre quem você é e teve dificuldades para encontrar respostas? Normalmente, quando pensamos em nós mesmos, temos a tendência de nos classificarmos de acordo com nossa profissão, nosso estado civil e demais relações familiares. O autoconhecimento é necessário para que busquemos ter uma vida mais equilibrada de acordo com nossos desejos e com nossas relações com as pessoas e o meio que nos cercam. Ou seja, para dar conta da nossa multiplicidade, é preciso ter equilíbrio.

Falar em vida equilibrada é falar de saúde física e mental e, por mais que a busca por uma vida equilibrada possa parecer um lugar-comum, nem sempre é simples de se conquistar. Afinal, isso demanda força de vontade e mudança de rotina, até que as escolhas mais saudáveis se tornem bons hábitos.

Se você está em busca de uma vida mais equilibrada, veja as dicas da ELASE para começar a mudar seus hábitos hoje mesmo.

# Pratique exercícios físicos

Ninguém precisa ser um influenciador da vida fitness ou ter um corpo digno de capa de revista. Porém, a prática regular de exercícios físicos é uma forma de ajudar o corpo a se equilibrar. O exercício libera substâncias ligadas ao bem-estar, como a endorfina e a dopamina, que agem na sensação de felicidade e ajudam em diversos processos físico-químicos do organismo.

O ideal é que você encontre uma modalidade que lhe dê prazer, pois assim é mais fácil manter a rotina de exercícios. 

Na ELASE, você tem à sua disposição uma enorme gama de modalidades de atividades físicas, desde natação e esportes de raquete à musculação e quadras disponíveis para jogos em equipes, como vôlei e futebol.

 

# Cuide da alimentação

Uma vida equilibrada passa, necessariamente, por um corpo equilibrado. Dessa forma, manter uma rotina alimentar saudável é fundamental. Dê preferência a alimentos naturais (vegetais e grãos integrais), orgânicos e fontes magras de proteínas.

Permita-se cometer algum “deslize” alimentar de vez em quando. Já que estamos falando em equilíbrio, é importante lembrar que se você leva uma vida regrada, comer um doce ou uma pizza periodicamente não vai afetar a sua saúde.

 

# Desenvolva seu intelecto

Você já deve ter ouvido o ditado “mens sana in corpore sano” (mente sã em corpo são). Falamos dos cuidados com o corpo e não podemos deixar de falar dos cuidados com a mente. 

E para manter o equilíbrio mental, é preciso que exercitar o cérebro com atividades constantes e desafiadoras. Por exemplo:

– Coloque como meta ler uma quantidade de livros por mês ou por semestre;

– Leia sobre assuntos diferentes dos que você está acostumado;

– Converse com pessoas que desenvolvam atividades que você desconhece;

– Ouça podcasts ou assista vídeos sobre temas da atualidade com abordagens diversas, isso ajudará a formar opinião a partir de outros pontos de vista;

– Aprenda a tocar um instrumento;

– Participe de torneios de jogos que envolvem o raciocínio lógico, como xadrez;

– Estude um novo idioma.

 

# Desenvolva a espiritualidade

Mesmo quem não é adepto de nenhuma religião pode desenvolver a espiritualidade. Isso não significa seguir nenhum ensinamento específico ou ir a missas ou cultos, e sim, perceber quais os valores lhes são mais importantes, como a caridade, por exemplo. 

Meditação e exercícios respiratórios são boas práticas para quem deseja trabalhar a espiritualidade.

 

# Expresse suas emoções e sentimentos

Muitas pessoas são criadas para conter as emoções, principalmente as ruins. No entanto, é preciso demonstrar os bons sentimentos, como alegria e gratidão, e trabalhar os sentimentos negativos para que eles sejam resolvidos ao invés de reprimidos. 

Para isso, é possível falar sobre o que se sente (com amigos, com familiares ou contar com a ajuda de um profissional), escrever um diário ou, ainda, realizar alguma atividade artística – como música, dança ou pintura, por exemplo – para dar vazão às emoções.