Dicas

Os inúmeros benefícios de aprender a tocar um instrumento: Venha fazer aula de música na ELASE!

“Como é bom poder tocar um instrumento!”, diz Caetano Veloso na música Tigresa. Tocar um instrumento musical é bom porque proporciona sensação de prazer e libera hormônios relacionados à felicidade. Uma aula de música é capaz de acionar inúmeras áreas do cérebro e aumentar as sinapses, ativando pontos de atenção, raciocínio e memória. Após alguns anos, isso ajuda a reduzir o surgimento de doenças como Alzheimer e a até a retardar o avanço de doenças como da esclerose. 

 

POR QUE DEVO FAZER AULA DE MÚSICA?

Melhora a memória

São inúmeras as pesquisas que ligam a música e o tocar um instrumento ou cantar a uma memória mais afiada. O fato de estudar música (e todos seus elementos, como cifras ou partituras) exercita a memória e melhora o rendimento nos estudos e no trabalho. 

 

Beneficia a coordenação motora

Por ativar diferentes áreas do cérebro, tocar um instrumento também age diretamente na coordenação motora. O cérebro precisa transformar o que lê nas partituras em movimento dos dedos e/ou movimento de respiração. Com o tempo de treino, a coordenação motora vai se apurando e se refinando.

 

Aumenta a capacidade de trabalhar em equipe

Essa é uma característica que reflete positivamente em outras áreas da vida, como no trabalho. Saber trabalhar em equipe é um diferencial bastante desejado por recrutadores e empresas. 

Mesmo quem faz aula individual, em algum momento vai tocar em grupo, numa banda ou orquestra. Isso permite o aprendizado necessário para que se consiga a sincronia perfeita.

 

Melhora a concentração

A capacidade de manter o foco e a concentração também é um benefício de estudar música que ajuda na realização de tarefas no dia a dia, seja no estudo ou no trabalho. Para se tocar um instrumento, é fundamental manter o foco total na música e, com o tempo, esse exercício passa a fazer parte da rotina de quem estuda música. 

 

Combate a timidez

Mesmo para quem não faz apresentações constantemente, o exercício da música dá mais desenvoltura e deixa as pessoas menos tímidas. Além disso, melhora a capacidade de se expressar e de liberar sentimentos e emoções. O que colabora também na autoaceitação (que é um passo importante para quem deseja deixar de ser tímido).

 

Alivia o estresse, a depressão e a ansiedade

Escutar música ativa neurotransmissores e faz com que o corpo libere hormônios relacionados ao bem-estar, como a serotonina e a dopamina, combatendo o estresse. Quando se estuda música, esse processo pode ser ainda mais intenso. Por isso, a aulas de música são indicadas como auxiliar no tratamento de transtornos de ansiedade e depressão. 

 

Pode evitar a surdez ou perdas auditivas 

Um estudo feito pelo Rotman Research Institute, do Canadá comparou pessoas entre 18 e 90 anos que tocavam instrumentos (entre músicos profissionais e amadores) com pessoas que nunca tocaram instrumentos. Segundo a pesquisa, quem tem o hábito de tocar um instrumento possui maior capacidade de compensar perdas auditivas que surgem com a idade. Isso se explica pelo modo como a música desenvolve as funções cognitivas. 

Além do mais, está comprovado cientificamente que escutar a música que gostamos libera dopamina no nosso corpo, a substância associada ao prazer e bem estar. Mas quando você toca um instrumento é como se absorvesse ainda mais esse benefício.

As aulas de música na ELASE são ministradas em parceria com a Escola Roberto Ceccato, de segunda a sexta-feira, no piso intermediário do Complexo de Raquetes. A mensalidade é de R$ 160 (uma vez por semana). As inscrições são feitas na secretaria da ELASE.