ELASE

Dança de Salão em Florianópolis: pratique e conheça os benefícios

dança de salão em Florianópolis

Dança de salão é o termo usado para danças a dois, são as “danças sociais”. Por não ter um ritmo único, as aulas de dança de salão são dinâmicas e divertidas, sendo bastante indicadas para pessoas que enjoam facilmente de outras modalidades de dança ou de atividades esportivas. Para quem está em Florianópolis e deseja fazer dança de salão, a ELASE oferece turmas para associados e não associados.

 

Tango e dança de salão – segunda-feira das 15h às 16h – para o público acima de 50 anos – associados e não-associados

Dança de salão – terças e quintas às 19h30 – para associados e não-associados

Tango – terças e quintas às 20h30 – para associados e não-associados

Dança de salão – sábados das 11h às 12h – aula gratuita, exclusiva para associados

 

[Solicite mais informações na secretaria da ELASE.]

 

QUAIS SÃO OS RITMOS QUE MAIS REPRESENTAM A DANÇA DE SALÃO E QUAIS OS BENEFÍCIOS PARA QUEM PRATICA?

As danças de casais remontam ao fim da Idade Média Segundo historiadores, antes disso, os grandes bailes eram animados por danças que envolviam muitos convidados numa grande roda. No século 15, essas danças se restringiam aos salões da nobreza, popularizando-se somente no século 19. No Brasil, acredita-se que a dança de salão tenha sido inserida nos bailes do início do século 20, com a valsa e a mazurca.

Os ritmos mais dançados nas aulas e bailes do Brasil são: soltinho, forró, samba de gafieira, tango, bolero e salsa. Mas há ainda outros ritmos latinos, como rumba, merengue, passo-doble e mambo; e os clássicos, como a valsa e o foxtrote, que também são bastante queridos pelos praticantes de dança de salão.

 

Benefícios da dança de salão

Promove relaxamento: As aulas são bastante divertidas, o que contribui para a diminuição da ansiedade e reduz os níveis de estresse. A dança é indicada também para pessoas que sofrem de insônia, pois melhoram os níveis de “hormônios do bem-estar” (endorfina, dopamina e serotonina).

Facilita a interação social: O contato com a dupla, os professores e colegas durante a dança acontece de forma natural, e permite que até pessoas mais tímidas possam se soltar e interagir.

Aumenta a autoestima: Com algum tempo de prática, é possível perceber mudanças no corpo e na resistência física. Isso, somado à capacidade de realizar passos e coreografias, aumenta a autoconfiança de quem dança.

Melhora a memória: Decorar as coreografias é uma forma lúdica de trabalhar a memória e exercitar o cérebro. E manter o cérebro ativo é uma das maneiras de se prevenir doenças senis como o Alzheimer.

Aumenta a percepção corporal, a lateralidade e o equilíbrio: A riqueza de movimentos em cada um dos ritmos trabalhados melhora a percepção do próprio corpo e a relação do corpo com o espaço e com o outro. E isso faz com que haja uma melhora no equilíbrio. Por essa razão, a dança é indicada para pessoas da terceira idade, mais propensas às quedas causadas por desequilíbrios.

Promove fortalecimento muscular e das articulações: A dança é um exercício que exige esforço dos músculos (promovendo aumento do tônus muscular, principalmente dos braços, pernas e glúteos) e articulações sem impacto. Por isso, é recomendada para pessoas de todas as idades e nível de preparo físico.

Melhora a capacidade cardiovascular e respiratória: Os diferentes ritmos permitem que os alunos transitem por diversas zonas de frequência cardíaca, fortalecendo a musculatura do coração. Como exercício aeróbico, a dança também aumenta a capacidade respiratória, prevenindo o surgimento de doenças cardiovasculares.

Esses são alguns dos benefícios sentidos por quem pratica dança de salão. Por isso, a modalidade é indicada para pessoas de todas as idades que desejam realizar uma atividade que melhore a saúde, a forma física e ainda permita a integração, trazendo ganhos emocionais, psicológicos e sociais.

 

dança de salão em Florianópolis